Páginas

sábado, setembro 04, 2010

Me chame apenas de Jesus.

 [...] Quando Deus decidiu revelar-se, Ele fez isso (surpresa das surpresas) através de um corpo humano. A língua que ressuscitou os mortos era humana. A mão que tocou o leproso tinha sujeira debaixo das unhas. Os pés sobre os quais a mulher chorou eram calosos e empoeirados. E suas lágrimas... Óh, não se esqueça das lágrimas... elas vieram de um coração tão quebrantado como o seu ou o meu jamais o foram.


 "Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas."
                                                         (Hebreus 4:15)


As pessoas se aproximavam então dele. Puxa, como o procuravam! Elas surgiam à noite; tocavam nele quando caminhava pelas ruas; seguiam-no até o mar; convidavam-no para suas casas e colocavam seus filhos aos pés dele. Por quê? Porque ele se recusou a tornar-se uma estátua numa catedral ou um sacerdote num púlpito elevado. Ele escolheu em vez disso ser Jesus.

Não há sequer uma sugestão de alguém que temesse aproximar-se dele. Havia alguns que o ridicularizavam. Havia outros que o invejavam. Outros ainda que não o compreendiam. E outros que o reverenciavam. Mas não havia ninguém que o considerasse santo demais, divino demais, ou celestial demais para ser tocado. Não houve uma pessoa sequer que relutasse aproximar-se dele com medo de ser rejeitada.


Lembre-se disso.
Lembre-se disso da próxima vez que ficar surpreso com suas próprias falhas.
Ou da próxima vez em que acusações ácidas fizerem buracos em sua alma.
Ou da próxima vez em que olhar para uma catedral fria ou ouvir uma liturgia sem vida.
LEMBRE-SE: É o homem que cria a distância. É Jesus quem constrói a ponte.

   "Me chame apenas Jesus."

                                                          (Max Lucado)

Como é simples né? É tão bom saber que o Senhor não é intocável, que Ele está conosco a cada minuto, a cada segundo. É bom saber que quando nós precisarmos, Ele vai estar lá para nos ajudar, nos segurar nos braços, nos fazer um cafuné, rs. Ele está ao nosso lado a todos os momentos, mesmo quando esquecemos dEle. E Ele nos diz: Filho, eu tô aqui! Se você tá cansado, venha até mim, que Eu vou te dar descanso. (Mateus 11:28)

Posso acrescentar a esse texto do Max Lucado, que Ele nos diz: Me chame apenas de Papai!


Não se esqueça NUNCA, que o Senhor já construiu a ponte para nos achegarmos a Ele, através de Jesus. Não espere mais, vá ao encontro dEle e se achegue aos Seus braços de amor.


Um comentário:

  1. Delícia de blog!!
    Lindas as imagens, maravilhoso os textos!!

    Beijos
    Talita

    tatapalavrasaovento.blogspot.com

    ResponderExcluir

Mais visitadas :)